Perguntas frequentes

Tire as principais dúvidas sobre Neuromodulação

1. Para que serve A estimulação elétrica transcraniana (tDCS)?

As três principais indicações para o uso do tDCS são depressão, recuperação pós-AVC e dor crônica.

2. Por que associar Realidade Virtual (VR) à estimulação elétrica transcraniana?

A realidade virtual aumenta cerca de 3x os efeitos do tDCS.

3. Qual a diferença entre a estimulação elétrica por corrente contínua (ETCC) e a estimulação magnética transcraniana repetitiva (EMTr)?

O ETCC é baseado em eletricidade enquanto o EMTr em magnetismo. Ambos são capazes de alterar a plasticidade cerebral com a mesma intensidade quando comparados em estudos clínicos.

4. Quantas sessões de tDCS são necessárias?

20 sessões iniciais, que podem ser realizadas de 1 a 4 vezes por dia.
10 sessões mensais por 6 meses, conforme desenho abaixo, totalizando 80 sessões (20 iniciais + 60 de manutenção).

Vide timeline com protocolo de sessões

7. Quais as contra-indicações?

Implantes cerebrais de clipes metálicos próximo a região a ser estimulada.

9. Quais os efeitos colaterais mais comuns?

Vermelhidão local da pele (pouco frequente), dor de cabeça e tontura (infrequentes) – todos leves e transitórios.

10. Posso dirigir no dia da estimulação?

Sim. Não há nenhuma restrição de atividade no dia da sessão.

11. Como faço para realizar este tratamento?

Há 3 maneiras
     1)   Se você é paciente agendar com Dr. Pedro Schestatsky: +55 51 3311 4477
     2)    Se você é medico do paciente: contato@nemo.med.br
     3)    Envie uma mensagem

Quer saber mais? Preencha abaixo para receber novidades!
Obrigado! Em breve, enviaremos novidades para você.
Algo deu errado. Tente novamente!